news automovel

 

 

Auri Bertelli - Presidente do Sincor

Auri Bertelli, novo presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de Santa Catarina, o Sincor foi entrevistado segunda-feira, 10 de março no Jornal da Nereu.

Auri falou sobre o mercado de seguros e os desafios da profissão.
O novo presidente do Sincor ainda falou quais serão as prioridades de sua gestão.

Leia mais...

dia-da-mulher

Como o sucesso profissional, as habilidades específicas e os múltiplos papeis afetam o diálogo com os homens, e a avaliação das mulheres sobre suas escolhas.

Para mais informações acesse: http://www.funenseg.org.br/eventos/?evento=7776

news mulheresblumenau

Fonte: http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/videos/t/todos-os-videos/v/seguro-dpvat-e-garantia-e-pode-ajudar-em-casos-de-acidentes/3155189/

O churrascor aconteceu no dia 23 de novembro de 2013, coordenado pelo delegado  do Sincor-SC da região do Alto Vale,  Claudio Cesar Cavilha,  o evento  chegou a sua quinta edição e teve como objetivo confraternizar  corretores, seguradores e prestadores de serviços, o resultado foi gratificante para todos os participantes pois ao longo do ano de 2013 algumas campanhas foram desenvolvidas, capitaneadas pelo delegado do Sincor que resultaram em ações junto a comunidade da região,  tais como:  doação de uma biblioteca ao Lar João 3, 16,  doação de roupas para a casa da amizade, entre outras.  Cavilha agradece a  diretoria de ação Social do Sincor a  todos os patrocinadores e colaboradores que se empenharam  para o sucesso destes eventos.

 

thumb 1450801 442606269177009 587810954 n thumb 1470376 442605112510458 494400440 n thumb churrascor 2013 001 thumb churrascor 2013 010 thumb churrascor 2013 014 thumb churrascor 2013 015 thumb churrascor 2013 021 thumb churrascor 2013 023 thumb churrascor 2013 026 thumb churrascor 2013 030 thumb churrascor 2013 033

 

 

Caros Corretores,

 

Repassamos abaixo, informativo amplamente divulgado pelo site CQCS,  a respeito do combate as associações de proteção veicular.

Em apreciação ao texto abaixo, informamos aos nossos representados, que já enviamos aos órgãos competentes material  comprobatório, no intuito de  dirimir esta prática de mercado no estado.

Porém,  pedimos a gentileza a todos,  no intuito de enviar-nos  material comprobatório ao nosso Departamento Jurídico, agilizando novos processos junto a autarquia.

 

Desde já agradecemos,

 

A Diretoria



Susep deflagra combate ao seguro Pirata em Pernambuco 

Data: 31.10.2012
Fonte: Susep

A Superintendência de Seguros Privados (Susep), com auxílio da Polícia Federal e do Procon do Estado de Pernambuco, deflagrou, na manhã desta quarta-feira (31), a Operação Prêmio que tem por objetivo encerrar as atividades de 10 empresas de seguro de automóveis operando sem autorização legal. Noventa policiais federais, 11 fiscais da Susep e 12 fiscais do Procon/PE foram mobilizados para executar a Operação.

Ao todo, serão cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, sete em Caruaru, um em Bezerros, um em Vitória de Santo Antão e dois em Feira Nova. Paralelamente, ordens judiciais de sequestro de bens dos responsáveis pelos crimes estão sendo cumpridas nestas cidades, na Região Metropolitana do Recife e nos estados do Ceará, Paraíba, Sergipe, São Paulo e Rio de Janeiro.

As medidas cautelares patrimoniais são para assegurar que terceiros prejudicados, como consumidores, e órgãos punitivos tenham patrimônio suficiente à disposição para, respectivamente, eventuais pagamentos de prejuízos financeiros e multas. 

A Justiça Federal também determinou a suspensão das atividades dessas empresas por intermédio de ordens à Receita Federal do Brasil e à Junta Comercial de Pernambuco. Todas as medidas passaram pela ciência do Ministério Público Federal que apoiou a ação.

As dez investigações foram iniciadas em março de 2011 e revelaram a existência de 10 empresas especializadas na prestação de serviços de seguro veicular para veículos de grande porte e carros de passeio. Apesar de exercerem atividades típicas de instituição financeira regulada pela Susep, nenhuma delas possui autorização para isso, o que configura crime contra o Sistema Financeiro Nacional. O Procon/PE realizará fiscalização com o objetivo de apurar se infrações às normas de proteção ao consumidor estão sendo infringidas, já que essas empresas estão captando clientes sem poderem operar nesse ramo de negócios.

Nesta fase, a Operação Prêmio tem como objetivo encerrar as atividades criminosas das empresas, colher mais evidências da prática dos crimes investigados e sequestrar bens suficientes para pagamentos de ressarcimentos e multas. Na fase seguinte, oitivas, exames periciais e análises de dados pela Susep e Procon/PE complementarão o rol de medidas investigativas, dentro de um ritmo que permita a conclusão da investigação nos próximos 40 dias.

 Fonte: CQCS